sexta-feira, janeiro 19, 2001

Mega Man X5

Por Galford

Um dos robôs mais conhecidos dos games, está de volta, numa nova aventura em seu PSX, impossível vc não conhecer MegaMan (RockMan no Japão), ele faz sucesso desde a era 8 bits, já teve mangá publicado por brasileiros e uma série de TV podre exibida no SBT. Já apareceu em vários consoles e até arcades, e apartir do SNES ganhou sua fase X, num futuro mais distante, com mais equipamentos e presença do seu amigo Zero.

ENREDO

No século 22, uma colônia espacial chamada Eurásia é sabotada por robôs terroristas e sai de órbita, e em 24 horas, vai se colidir com a terra, agora cabe a Mega Man X e Zero impedir isso a todo custo.

O JOGO

Continua o básico da série, detonar chefes com armas certas, encontrar cápsulas, corações e tanques, 8 chefes básicos, mais última tela subdividida em 4 fases, inclusive com a parte de passar todos os chefes novamente. Agora as novidades são que o X não ganha updates, mas sim monta novas armaduras, além disso, existem os módulos, que servem pra equipar tanto X como Zero, são 16, cada um tem efeito diferente, como pular mais alto, carregar mais rápido, perder menos energia, alguns são exclusivos pra cada personagem. Você os ganha quando passa as telas, bom, nem sempre.

Outra novidade é que você tem um limite de chance de detonar os primeiros chefes. Bom, a única diferença que notei é que se você não conseguir fazer isso, é porque não vai poder usar o Zero na última tela. Você tem 16 chances, enquanto jogar a mesma tela, usando continue, vai usar só uma chance. Se sair da tela ou passar, perde uma. Mas considere 2 chances a menos, porque você é obrigado a enfrentar Dínamo duas vezes. O esquema é detonar todos os chefes diretos e deixar pra pegar os itens escondidos depois. É preciso usar todas armaduras para pegar os itens secretos e até mesmo Zero pra determinadas partes.

GRÁFICOS

Em relação ao jogo anterior, não há muita evolução nos gráficos, continuam detalhados e limpos. Com seus vilões bem originais e animados. Infelizmente essa versão não possui nenhuma seqüência em anime, a apresentação é somente fotos em movimentos. Uma pena, já tinha virado marca da série cenas de anime.

PERSONAGENS

Diferente dos jogos anteriores é possível escolher entre X e Zero no começo de cada fase, assim como novas armaduras que o X conseguir montar. Que são:

X: Armadura básica, pode carregar tiro e usar armas dos chefes. Só.

Nova: Armadura do X4, pode carregar tiro (quando acerta, deixa esfera de poder) e a arma dos chefes, flutua, dash aéreo. Você pode usar na primeira tela, se passar com ela, pode usar até na telas seguintes. Se passar com Zero, não pega mais.

Falcon: Carrega tiro, mas solta um laser, não usa arma dos chefes, dash aéreo, pulo duplo, vôo por tempo determinado que tabém serve de ataque , tem um special que faz lasers atravessarem a tela verticalmente. Você a adquire assim que pegar suas 4 partes.

Gaia: Parece uma armadura blindada, pode carregar tiro (mas tem pouco alcance), não usa arma dos chefes, tem dash aéreo, fixa nas paredes sem escorregar, anda e gruda em espinhos sem nenhum dano, pode destruir as caixas V com tiro carregado ou empurrar com dash, não aceita módulos. Também adquirida quando completa suas 4 partes.

Ultima: Carrega tiro (quando acerta, deixa esfera de poder) e armas dos chefes, flutua, dash aéreo, possui um ataque aéreo invencível, semelhante do X4. Armadura secreta adquirida na 3º tela da última fase ou através de dica (numa nova partida, deixe X selecionado, faça 2 pra cima e 9 pra baixo).


ZERO: Armadura básica, muito semelhante a X4, adquire golpes quando passa os chefes.

ZERO Black: Também possui uma armadura escondida, faz perder menos energia quando acertado e ganhar poder pra destruir alguns tiros inimigos e os vírus Sigma. Está no mesmo local que a ultima de X, basta chegar lá com ele ou fazer dica (numa nova partida, deixa Zero selecionado, faça 2 pra baixo e 9 pra cima). Não é possível escolher qual versão do Zero usar, a armadura Black sobrepõe a original.

Inimigos (em ordem de enfentar): Crescent Grizzly, Tidal Whale, Bolt Kracken, Shining Firefly, Dark NecroBat, Spiral Pegasus, Burn T-rex, Spike Rose.

Amigos: Aeria, Douglas, Live Saver.

JOGABILIDADE

Continua a mesma precisão de todos os jogos da série. Pode através das opções, ligar o auto-carregamento, assim fica mais bem fácil. Lá também é possível ligar o turbo para os tiros normais.

SOM

O som continua muito bom, algumas músicas são remixes das versões anteriores. A música de abertura é bem legalzinha

Se você é fã da série, é um jogo imperdível, mas não espere muitas inovações. O fato do X ganhar armadura em vez de ganhar updates, perde um pouco a graça, e o jogo continua fácil, tirando o Sigma, você passa as telas tranqüilamente quando jogar pela segunda vez. Faltou um uma certa interatividade com das armas com os cenários, assim como no outro jogo da série quando você passava certos chefes e as telas ganhavam eletricidade. Mega Man continua um bom divertimento, mas precisa inovar um pouco, usar melhor os recursos 3D dos consoles, mas sem abandonar as origens 2D.

domingo, janeiro 07, 2001

Dragon Ball Zica - Capítulo 5

Se o Pato bota ovo, porque a Galinha não sabe nadar?

Por Galford

Ich, passada a ressaca de natal e ano novo, ich, estamos aqui de novo, snif, sem presentes, acho que não fui um bom garoto esse ano, ou Papai Noel não gosta de Mangazona? Hunfs! Mas não importa, isso não significa que desanimei, a saga DBZica, continua, mais forte do que nunca, mais p da vida com Kurinlixo, quase espancando a Band por nos empurrar esse Mago, bah, prefirimos Mister M, yeah. Fora esse Dragões Alados (já vão tarde), putz, chamar aquilo de dragões é soda, só o Bahamut do Final Fantasy dá um pau em todos.

Vixe Maria, quanta bronca, tá parecendo programa do Ratinho. Bate nos Marquitos. Bate nos Marquitos. Hehe. Ae SBT, faz favor de trazer Chapolin de volta. Chega de enrolação, isso não é programa do Sérgio Malandro, vamos procurar as bolas do dragão... cruzes!

No capítulo anterior, na saga mais enrolada que rocambole, mais chata que cabeça de cearense, mais pentelha que filho de vizinho, finalmente Gôanus vai encarar Freezer de frente. Porradas a parte, Freezer decidir dar uma de escorpião, e só ataca com o rabo. Pô, isso pega malzão, ainda mais nesse horário.

Goânus agarra ele por trás e diz que ele está autoconfiante demais. Freezer, toda derretida e apaixonada, convida ele para lutarem lado a lado, na alegria e na tristeza, blá blá, até que a morte o separem. Oh ti coisa meiga! Goânus recusa o convite. Possessa da vida, Freezer afirma que vai detoná-lo usando só metade do poder e sem estragar o esmalte da unha. Pior que nem usando o Papagaio Ken, Goânus consegue ganhar de Freezer. Sua única saída é apelar pra Genki si Dana.

Enquanto isso, Yamtcha, Pei shi Hango e cia ficam enfrentando a Tropa Gyniu na casa do Sr. Encalhou. Mas porque raios que a gente quer sabe disso? Em plena batalha decisiva vem com isso. Que se explodam. Enquanto Goânus concentra energia, Picolé, Gohanta e Kurinlixo ficam brincando de ciranda cirandinha pra distrair Freezer, enquanto ele se pergunta porque raios aceitou trampar nesse anime.

Goânus lança sua gigantesca Genki si Dana. Após uma grande explosão, todos acham que Freezer foi pro saco. Tá bom, desde quando vilão em DBZica morre tão cedo? Ele ressurge, detona Picolé e mata Kurinlinxo (nesse momento dou um salto de alegria, foi o melhor capítulo de dbz, é o único flashback que adoro ver trocentas vezes, obrigado Akira Toriyama).

Nessa hora Goânus fica mais quente que carvão em brasa, mais nervoso que os organizadores da Animecon, mais explosivo que C4, mais... mais... mais... ah sei lá... imagina seu pai nervoso quando vê a conta do telefone e da internet esse mês que você abusou e multiplica por 4, entendeu, né? Finalmente Goânus se transforma num Super Saiajeans, com madeixas loiras, e olhos verdes, rápida essa água oxigenada do Akira. Ele manda Gohanta levar Picolé pra nave, que demora meia hora pra fazer isso, fica lá com cara de mané, ahhh.. mas papai... mas papai... se eu tivesse um filho desse, deserdava.

Recomeça a batalha, Freezer se toca que não pode ganhar de Goânus, e decidi destruir o planeta inteiro. Ah, que se dane tudo, não tem nada nesse planeta mesmo, só água e terra. O planeta vai explodir em 5 minutos (hehehehe, esse 5 minutinhos levou séculos pra passar, quase joguei minha TV pela janela umas 10 vezes). Enquanto isso, Gohanta leva Pão Pulma pra nave. E na terra, Sr.Meupipinoseupopo junta as esferas e invoca o dragão Shenga Longe, que ressuscita todos os habitantes do planeta mortos por Freezer (nem tente racionalizar essa parte, é a fase mais ilógica do anime).

Goânus começa a tomar pau de Freezer, no bom sentindo. Gohanta inventa de ir lá enfrenta-lo, não precisa dizer que ele tomou um pau daqueles vergonhosos, né? Eu sei... resumindo... Goânus salva Gohanta... ressuscitando o Ancião Maracujá de Gaveta. Aparece o dragão de Namekuseiqficamuitolongedaterra que estava devendo um pedido, assim, todos são teleportados para terra, menos Goânus e Freezer. Ufa! Ah, só falta dois minutos (os minutos mais longos que vocês já viram).

Freezer acha que tem uma voz bonita e decide lançar um disco de dulpa força, mas Goânus consegue se esquivar dos discos (acho que num gostou do ritmo), que acabam acertando o próprio Freezer, cortando ao meio. Tsc tsc, devia ter lançado um cd ou usar ritmo da moda, algo como É o Tchan do Freezer, Freezer canta sucessos do sertão, Freezer e a rapaziada... Voltando ao assunto, Freezer implora por sua vida, Goânus coração mole, resolve lhe dar mais um poderzinho, pra logo em seguida detona-lo de vez. Cruel, cruel!. Depois ele tenta fugir, mas 5 minutos/2 semanas depois, o planeta explode. Finalmente! E Goânus foi pro saco junto com tudo.

Na terra, Pão Pulma nem fica triste, sabe que depois pode ressuscita-los usando as bolas do dragão. É, aqui é pior do que a Marvel, é um tal de morre e volta. E infelizmente vão ressuscitar Kurilinxo, snif! Estava tão bom! Droga, droga! Até aqueles bonecos birutas tem mais utilidade que ele. Pelos menos finalmente acabou essa fase. Oh, alivio! Agora só nos resta esperar até a próxima atualização, possívelmente sem Garlark Jr., porqque aquilo é o cumulo da inutilidade das fases de DBZica. Aquilo por si só, já é uma zueira, xô urubu! Até a próxima Mangazona in M.E.D.I. Sem necessidade de levar as coisas a sério!.

ENTREM NA COMUNIDADE DE DRAGON BALL ZICA NO ORKUT