domingo, agosto 05, 2001

Dragon Ball Zica - Interlúdio

A Arte de Enrolar

Por Galford

Yeah, eles bem que tentaram prender a gente na FNAC, mas o bem sempre prevalece, estamos aqui forte e firme, que nem maxixe, chique, né? E não importa se a Globo comprou DBZ, a zueira continua, pode vir quente que estamos fervendo, nós temos a força, sintam só a nossa mordedura, au au... ops, sem mais delongas, enrolações, lengas, encheção de lingüiça, cera, vamos ao que interessa porque navegar é preciso, hum, acho que troquei as bolas, mas não tem problema, porque aqui ninguém fica embaçando, sem mostrar logo que interessa, a gente mostra o pau antes de matar a cobra (sem malícia, pessoal), come a sobremesa antes da janta, faz lua de mel antes do casamento, adiantamos o filme pra ver quem é logo o assassino.

Por falar em cobra, me lembrei de uma charada. Tipo, você tá na margem do rio cheio de piranhas (os peixes, não as damas da noite), atrás de você uma cobra (animal, ser vivo ovíparo, nesse caso venenoso), tem que explicar tudo, esse geração de hoje é muita pervertida, no meu tempo não era assim. Tinha que pedir autorização pro pais pra namorar, hoje em dia o pai só descobre que a filha tá namorando quando ela aparece barriguda, hehe. Até que parte de namorar sem autorização tá valendo, não tem coisa pior que encarar os pais de namorada (há exceções claro).

Putz, é pior que fazer entrevista pra trampo, ou uma investigação policial, você lá vagal, sem estudar ou trabalhar, e ele perguntando o que você faz da vida, ah, tenha dó, e ainda tem a hora do almoço, seus movimentos são friamente analisados, sério, tem lá aqueles tipos maníacos que conseguem analisar você só pelo jeito que corta o bife. E quando sua futura sogra consegue fazer um jantar especial e raro, com todo os tipos de comida que odeia na vida e você quer quilômetros de distância, você ainda come meio a contragosto e tem fazer um sorriso bem amarelo e depois dizer que está uma delicia.

E quando o sogrão é militar, aquele tipo Sargentão que tem até pijama do exército, ele te leva no canto da sala, vem com papo militar, aquele blá blá de dá sono, e você novamente meio a contragosto concordando com tudo, mesmo sabendo que tomou aquele porre de tequila quando descobriu que foi dispensando. Isso sem citar irmãos, tem vários tipos, o pequeno mala, que fica batendo com Pokemon de pelúcia na sua testa, o mais velho, geralmente roqueiro, que lhe solta um olhar do tipo: “Se abusar da minha irmãzinha, eu te parto em dois”, a irmã mais velha e divorciada, com um olhar de isso não vai dar certo, ou as irmãs mais novas que sempre tão de olho e dando risadas, quando você tava pensando em aproveitar e arriscar uma mãozinha boba.

O que raios isso tem a ver com Dragon Ball? Ah sei lá, querendo ou não, um dia você vai ter que namorar na vida, e passar por tudo isso, lembre-se que eu avisei. Hehe! Isso ae, não tem Dbzica hoje, dei uma de Akira Toryama, enrolei enrolei e deixei o que todo mundo quer pro próximo episódio, hehe, eu sou cruel.

O que?! Resposta da charada? Aiai, você espera a cobra dá o bote, pega o bote e atravessa o rio, simples, hehe, mais fácil que empurrar em bêbado em ladeira.

Esquenta não, logo o novo episódio está ae. Falow!



ENTREM NA COMUNIDADE DE DRAGON BALL ZICA NO ORKUT

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home