domingo, abril 16, 2006

Tintin

Depois da alfinetada sutil do Razor, tão sutil quanto um enxame de abelhas africanas carnívoras selvagens beijando um maluco endiabrado segurando uma fanta laranja... Lembrei de uma coisa legal em relação à HQs...

Se você tivesse a oportunidade de vir ao Japão, compraria tudo que fosse relacionado à...?

Pasta plástica / Porta-arquivos"Mangás! Animes!" - berram os leitores.

Pois é. Era pra eu fazer isso também. Mas não. Talvez porque o meu encanto tenha sido quebrado pela saturação. Talvez pela frustração de não conseguir entender nada (sabe o que é ler algumas coisas e não ter idéia de absolutamente nada do que está escrito?). Enfim, ainda assim eu me divirto muito nas livrarias. Seja comprando livros sobre pub e design, revistas no estilo "como desenhar mangás", ou até mesmo olhando os
livros só pela capa e imaginando o que o ideograma representa.

E não é que me surpreendo e encontro tranqueirinhas do Tintin? Mas minha surpresa não se deu ao fato de ter encontrado esses "balangodangos" e sim ver escrito "Tintin". Até onde me lembro, a informação que eu tinha aqui no Japão, era de que o nome do personagem seria modificado e adaptado de acordo com sua forma de leitura, "Tantan" - タンタン.

Morte à esses adaptadores e tradutores! - gritam novamente os inocentes leitores.

AgendaEu também já fui assim. Fui... bem, na verdade, ainda sou contra algumas traduções de nomes. Mas hoje em dia eu penso e analiso o caso mais friamente.

Tintin - チンチン - em japonês significa pinto. Não, não pinto de galinha e sim o órgão genital masculino, com todas as letras. E na forma oriental romanizada, é exatamente desse jeito aí que se escreve e pronuncia. Sei lá, eu não me sentiria muito confortável em puxar uma agendinha onde na capa viria "pinto", se estivesse no Brasil. Mesmo sabendo que essa palavra pudesse ser o nome de algum personagem famoso em qualquer outra parte do mundo. Mesmo sendo uma mente bem aberta. Mesmo sabendo que o azar é da pessoa que desconhece o personagem.

Mesmo assim eu comprei dois álbuns grandes de fotografia e dois porta-arquivos. Só não comprei a agenda porque ela tem "validade" e depois ficar guardando uma agenda velha... eu já ando guardando muita coisa para recordação. Preciso economizar espaço (pra quem não sabe, no Japão é tudo apertado, rs) para outras tranqueiras.

E só dando uma dica rápida para quem vier ao Japão. Quando for brindar, por favor, nem pense em gritar "tintin", diga "kanpai", ok?

Tags: , , ,

1 Comments:

At 10:38 AM, Blogger Razor NetOut said...

hahaha muito bom... Eu já tinha lido uma menina comentar na comunidade do Shin Chan sobre essa história do 'pinto', mas eu nunca tinha parado pra pensar no Tintin (que sempre foi um dos meus desenhos prediletos).
Jubi, valeu por ter levado em consideração o post da crítica! You rule =P

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home